sexta-feira, 1 de junho de 2012

Cultura Inglesa Festival



Oi pessoal, no último domingo (27/05) resolvi fazer uma pequena loucura e viajar até São Paulo para ver o show do Franz Ferdinand no 16° Cultura Inglesa Festival. Fui e voltei no mesmo dia, trabalhei no sábado e na segunda, só dormi nas 6 horas de viagem e fiquei quase 11h em pé... mas valeu a pena.

Recebi a programação do festival e me deu muita pena de não poder ir aos outros eventos. Então, quem estiver em sampa ou se interessar, recomendo! O festival acontece até dia 30 de junho e você pode ver a programação no site oficial. Tem cinema, balada, exposições, shows e espetáculos... muita coisa bacana rolando.

Vou falar dos shows que vi nesse dia. As apresentações foram separadas em 3 grupos: bandas de alunos, bandas nacionais tocando tributos e bandas do Reino Unido. Neste post o primeiro grupo de apresentações é que manda.

A manhã começou com Freech que entrou no palco para tocar apenas uma música que era o tema do festival. Até que fizeram um bom serviço, mas uma música? Ah vai... Provavelmente o tempo que foi gasto na apresentação da banda foi maior do que a música em si.

Freech
A segunda banda foi King Crab que tocou 3 músicas (!). Os caras mostraram sua habilidade musical, mas não muito do seu trabalho propriamente dito. Os dois destaques foram o tecladista que o público apelidou de Jonh Lenon e o jeitão rock star do vocalista com uma jaqueta de couro num dia lindo de sol em São Paulo...


King Crab


Logo depois entrou no palco a banda que mais se destacou na minha opinião: Broth3rhood. Com a tríade básica de uma banda de rock (bateria, baixo, guitarra) eles souberam mostrar o trabalho da banda muito bem. As músicas próprias que mostraram tem potencial de hit sim. Me deu vontade de conferir melhor o som. O bacana é que já abriram vários shows. Acho que a experiência e qualidade do som que me fizeram eleger como os melhores do grupo.

Broth3rhood


Encerando esse grupo os engravatados do Sociopatas. Eles se mostraram simpáticos com um som bem bacana. Assim como a banda anterior mostraram bem o seu trabalho e me deu vontade de conhecer melhor. Bom encerramento.

Sociopatas
Admito que o pessoal da platéia não entrou no clima das bandas. Só quando tocaram covers que havia mais animação. O problema é que muita gente estava ali apenas para ver o Franz Ferdinand. E quando fãs de uma banda têm que ficar horas esperando para ver seus ídolos, eles não costumam ser muito pacientes com as bandas desconhecidas.

Bem, vou encerrando por aqui. Mas volto para comentar os outros shows!

2 comentários:

  1. Show do Franz Ferdinand de graça? Como eu não soube disso?

    ResponderExcluir

Diz aí o que você achou...